25 de outubro de 2012

Filme: As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower)


Poderia ser um filme qualquer. Talvez até seja, vai saber... 
Mas ainda assim, me identifiquei com ele já nas primeiras cenas. A solidão do protagonista, as dores de se sentir desencaixado da realidade que o cerca, a aceitação de que talvez o problema esteja em você. E quem garante não estar?
O estranho, o feio, o bizarro. Quantos não se sentem assim? Sim, talvez o filme seja um caça níquéis,  com atores do mundo fantasioso de bruxos e fadas. Atores que buscam desesperadamente se desvincular de uma imagem adquirida com milhões de olhos e dólares. Mas ainda assim um filme bonito de se ver. Talvez seja bobo, uma grande tolice, mas e daí?
Nunca na vida me senti tão representado em um filme, como no personagem de Charlie. Não  precisava que sua música favorita fosse Asleep dos Smiths, não havia necessidade disso para que eu me sentisse o próprio. Mas sim, essa é a música dele também, assim como é a a minha.
Filme tocante que fala sobre amigos, amizade, solidão e que te faz chorar.
Vale muito a pena ver, mas vá só e evite constrangimentos com soluços e olhos lacrimejantes.

Gabriel Matos

About Gabriel Matos

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :