16 de junho de 2012

Trilha sonora para uma madrugada insone

Quem nunca foi acometido por uma depressão durante a madrugada não sabe o que é viver! As luzes a noite se tornam mágicas e os sons tanto podem assustar como também encantar. Nas madrugadas os maiores artistas criaram as suas melhores obras, embriagados de melancolia e saudosismo. Sim, muitas vezes é de uma lágrima que a obra-prima surge e modifica o seu criador.
Hoje, após uma longa noite insone, resolvi fazer esse post quebrando esse terrível jejum pelo qual o BN vem passando. São tempos difíceis em que faculdade e trabalho roubam qualquer tempo vago que poderia ser usado aqui, no meu mundo, no lugar em que criei e coloquei muito de mim (além de um pouco de outros também). Sempre fui um grande apaixonado pelas madrugadas. Houve um período em minha vida em que eu não dormia, acho que dos 12 aos 14 anos, pois era naquele momento, em que todos roncavam em suas camas, que eu via os filmes mais proibidos, lia os livros mais pesados e ouvia as músicas que mexiam com minha alma.
No layout do BN eu quis retratar uma cidade imersa na madrugada. Justamente por isso, por achar que é na madrugada que tudo de mais sujo, torpe e divertido acontece.

Listarei aqui, algumas músicas que fizeram ou fazem minha cabeça numa dessas madrugadas insones:


Gabriel Matos

About Gabriel Matos

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :