23 de setembro de 2011

Menino de 6 anos apaixona-se por um garoto mais velho




É, eu sei que o título foi feito para chamar atenção. Mas eu precisava dessa atenção. Sempre me surpreendo quando um dos meus amigos gays dizem a mim: "Monique, minha mãe me odeia, e eu não tenho culpa por ser gay..." 
Aquilo me corta o coração e então eu os adoto, trago para perto de mim e dou todo o carinho e respeito que eles merecem, não por serem gays, mas sim por serem homens para se aceitarem e entenderem que não tem culpa pela sua orientação pesada, mal falada e mal vista por essa sociedade suja e hipócrita em que vivemos.
Por tal motivo quando uma amiga me mostrou esse tumblr eu me emocionei. Eu tenho 25 anos e sou uma garota hetero, tenho noivo e sonho em ter filhos e agora sonho em ser uma mãe e que meu noivo seja um pai como esse aqui: 

"Mamãe, eles são iguais a mim." 
Meu filho mais velho tem seis anos e se apaixonou pela primeira vez. Ele está apaixonado por Blaine de Glee.Para aqueles que não sabem, Blaine é um menino ... um menino gay, o namorado de uma das personagens principais, o Kurt.Este não é um "ele acha que Blaine é muito legal" tipo de gostar. É um gostar em que ele segura a foto do rosto de Blaine por meia hora, olhando e suspirando para em seguida soltar de forma melancólica "Ele é tão bonito"... 
Ele ama o episódio em que dois meninos se beijam. E sai correndo para chamar as visitas para que eles não percam a sua parte favorita."  

E não pára por aí, o post é longo, peço que leiam até o final: 

Outro dia estávamos viajando por todo o estado escutando o álbum de Glee (é claro), ao que meu filhote fala no banco de trás:"Mamãe, Kurt e Blaine são namorados.""Sim, eles são", afirmo."Eles não gostam de meninas se beijando. Eles só beijam meninos. ""Isso é verdade.""Mamãe, eles são como eu.""Isso é ótimo, baby. Você sabe que eu amo você de qualquer jeito!""Eu sei ..." Eu pude vê-lo revirando os olhos para mim.Quando chegamos em casa eu recapitulei a conversa com meu marido, e ficamos apenas olhando para os olhos um do outro por um momento. Então sorrimos."Então, se com 16 anos ele quiser fazer um grande anúncio na mesa de jantar, podemos dizer 'bobo, você já nos contou quando tinha seis anos. Agora, passe a 'cenoura. Ele vai ficar desapontado porque roubamos seu grande momento dramático ", Palavras do meu marido que disse isso com uma risada e me abraçou.Só o tempo dirá se o meu filho é gay, mas caso seja, eu estarei feliz porque ele é meu. Estou feliz que ele tenha nascido em nossa família. Uma família cheia de pessoas que vão amá-lo e aceitá-lo. Pessoas que nunca vão querer mudá-lo. Com os pais que vão olhar para a frente a dançar no seu casamento.E eu tenho que admitir, Blaine seria um genro realmente bonito.
 
Digam-me leitores inteligentes e mente abertas do Blog Burako Negro. Como não se emocionar com tamanha declaração de amor de mãe para filho? Mas ainda tem mais, peço só mais um pouquinho de paciência: 


Nós realmente não somos os melhores pais do mundo. Obrigado, mas realmente não somos .Estamos apenas tentando fazer o nosso melhor e esperando não estragar tudo. 
E para todas aquelas crianças que se encontram em dificuldades. Queríamos muito poder adotar vocês, mas nossa casa siplesmente não poderia suportar tantas pessoas juntas! Mas, falando sério, todos vocês, por favor, sei que existem literalmente 100 milhões de pessoas no mundo dispostos a aceitá-lo da forma que você é. É muito difícil que uma criança ou um adolescente tenha que lidar com toda essa rejeição. Por favor, saibam que o mundo está mudando. Eu queria que essa mudança fosse mais rápida e todos nós precisamos fazer parte dessa mudança!

Mas nesse meio tempo, por favor, existem lugares que podem te ajudar, acessem:
http://www.itgetsbetter.org/
http://www.thetrevorproject.org
Todo nosso amor vai chegar até vocês!

Essa é uma mãe americana, que nos seus posts seguintes demonstra-se assustada por toda repercussão que seu simples desabafo teve em apenas um mês. Ela não entende como podem parabenizá-la por estar fazendo o papel mais básico de uma mãe, que é amar seu filho. Ela tem passado noites em claro tentando apoiar as milhares de crianças e adolescentes que enviam mensagens pedindo um pouco de sua ataenção e amor e a parabenizando, mas ela é uma só...
Que mundo é esse em que o amor de uma mãe tornou-se algo tão surpreendente?

Sei que vocês estão acostumados com posts engraçados e cheios de besteira, mas a vida aqui fora é dura e acredito que vocês precisam conhecê-la!
Em breve post novinho, junto com o novo Burako Negro! Aguardem!

Monique Lamert

About Monique Lamert

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :

1 Amigos Me Deram uma Luz:

Write Amigos Me Deram uma Luz