31 de julho de 2011

Filme: Capitão América

Fui assistir ontem ao filme Capitão América numa das últimas sessões, já tarde da noite. Como opção no horário, havia apenas a projeção em 3D, que eu havia prometido não ir mais, haja vista todos os outros aos quais me dignei a assistir, não tinha n-a-d-a de 3D a exemplo de Transformers, o último.
Enfim, fui ver o filme sem muitas expectativas quanto ao roteiro, apesar de ser um dos heróis Marvel que mais gostava, e sem expectativas também com relação ao 3D. Pois bem, eis que eu entro na sala já atrasado e ao finalmente sentar me surpreendo logo de cara com as cenas iniciais: havia 3D de verdade!
Uma grata surpresa, devo dizer.
Achei o roteiro bem redondo e certinho e o início extremamente divertido com o Chris Evans franzino, sofrendo agruras para entrar no exército e mais ainda quando finalmente o consegue. Li algumas críticas a respeito das cenas de ação, concordo que poderiam ser mais exploradas, mas entendi que talvez tenha a ver com o período em que a história se passa, na década de 40, o filme todo é bem Seção da Tarde.
Não que isso seja uma crítica negativa, mesmo porque a película serve bem ao que se propõe: diversão gratuita, com fotografia bem caprichada e roteiro que mescla humor, ironia, um toque meio sombrio e aventura, tudo na dose certa para agradar a família inteira.
Apenas me surpreendi com o Caveira Vermelha, que se tornou um antagonista muito fraco em relação aos outros super vilões. Talvez porque o mais importante ali fosse apresentar o primeiro Vingador o embate entre ele e seu inimigo não fosse tão importante... Vai saber!

PS: O Capitão América é virgem!

Gabriel Matos

About Gabriel Matos

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :