2 de maio de 2010

Adormecido

Enquanto eu adormecia ela cantava
cantava um último som para mim,
cantava porque pedi
que não me abandonasse enquanto eu estivesse por ali,
pois eu estava tão cansado
e queria dormir...
pedi também
que quando acordasse pela manhã,
não me procurasse mais,
pois eu já teria ido
pedi que não chorasse por mim
pois eu estaria feliz em ter ido,
e aliviado porque sei que
existe um lugar melhor para ir,
bem, deve existir...

Gabriel Matos

About Gabriel Matos

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :